Solicitação

Dados da viagen

Quando quer ir?
Algo mais que precisamos saber sobre a sua viagem? (opcional)

Seychelles e Safari

Mahé (Seychelles), Cape Town, Safari na região do Parque Nacional Kruger, Johanesburgo
Pacote de viagem combinando a paradisíaca Seychelles com safári na deslumbrante África do Sul. Esta opção pode ser interessante tanto para casais em lua de mel quanto famílias viajado com crianças.
Duração: 12 dias.
Saídas diárias.

Solicite aqui

 Acomodação por 5 noites em Seychelles, com café da manhã e jantar;
 Acomodação por 3 noites em Cape Town, com café da manhã;
 Acomodação por 2 noites na reserva de animais, incluindo pensão completa e safáris fotográficos; (Parque Nacional Kruger).
 Acomodação por 1 noite em Johanesburgo, com café da manhã;
 Traslados aeroporto / hotel / aeroporto;
 Passeio de dia completo ao Cabo da Boa Esperança, com guia em português;
 Kit de viagem ;
 Seguro viagem.

1º DIA: JOHANESBURGO / MAHÉ (SEYCHELLES)
Chegada em Johanesburgo e conexão para Mahé. Em Seychelles, recepção e traslado ao hotel escolhiido. 

2º AO 5º DIA: ILHAS SEYCHELLES
Café da manhã .Dias livres. .
6º DIA: MAHÉ / JOHANESBURGO / CAPE TOWN
Café da manhã .Traslado do hotel ao aeroporto de Mahé e embarque com destino a Cape Town via Johanesburgo. Chegada, recepção, traslado ao hotel escolhido.
7º DIA: CAPE TOWN
Depois do café da manhã, saída para o tour do Cabo da Boa Esperança. O

 dia começa com um passeio costeiro por Clifton, Camps Bay até a vila pesqueira de Hout Bay, ponto de saída dos barcos para visitar a Ilha das Focas. Depois, passagem por Chapman’s Peak Drive, uma rota com vista espetacular de toda a baía.
A programação continua com a visita ao Cabo da Boa Esperança e Ponta do Cabo, em seguida observação dos pinguins e, por último, parada nas cidades Simons Town e Muizenberg.
O Cabo da Boa Esperança é historicamente famoso por causa do navegador português Bartolomeu Dias, que batizou a região como Cabo das Tormentas após as embarcações passarem por violentas tempestades, em 1488. Ainda segundo as crônicas da época, o rei João II de Portugal passou a chamá-lo de Cabo da Boa Esperança, pois ao ser contornado mostrou a ligação entre os oceanos Atlântico e Índico e a tão cobiçada chegada à Índia, a rota comercial mais importante naquele momento.
8º DIA: CAPE TOWN
Café da manhã. Dia livre.
9º DIA: CAPE TOWN / JOHANESBURGO / RESERVA DE ANIMAIS
Café da manhã no hotel. Traslado do hotel ao aeroporto e embarque com destino à reserva de animais, localizada na região do Parque Nacional Kruger.
Chegada, recepção, traslado ao hotel e acomodação por 2 noites com pensão completa e safáris fotográficos.
10º DIA: SAFARI LODGE
O primeiro safári será por volta das 6h da manhã. Os rangers sempre fornecem informações sobre os animais e seus costumes. Parada para apreciar o amanhecer.
Retorno ao lodge por volta das 9h para o farto café da manhã. Restante da manhã e início da tarde livre para desfrutar a piscina, atividades opcionais ou simplesmente descansar e relaxar.
Por volta das 16h, saída para o safári até o anoitecer. Serão rastreados animais ainda não vistos nos safáris anteriores.
11º DIA: SAFARI LODGE / JOHANESBURGO
Safari pela manhã e, logo depois do café da manhã, traslado ao aeroporto e embarque com destino a Johanesburgo. Chegada e traslado tipo shutle do próprio hotel . Alojamento.
12º DIA: JOHANESBURGO / SÃO PAULO
Café da manhã no hotel. Traslado tipo shutle do próprio hotel ao aeroporto e embarque com destino ao Brasil.

* Valores por pessoa, sujeitos à alteração

 

PREÇOS:
Consulte nossos atendentes por telefone ou e - mail. 
RESERVAS:
Para solicitarmos uma reserva será cobrado um sinal de de 25% do valor do pacote por passageiro sendo este descontado no restante do pagamento. Caso a reserva não se confirme o mesmo será reembolsado integralmente. Quando ocorrer desistência por parte do passageiro após a confirmação das reservas não haverá reembolso do sinal.
ALTERAÇÕES DE RESERVAS:
Para mudanças e alterações após a confirmação total de uma reserva serão cobrados US$ 100,00 acrescidos ainda pelas multas correspondentes de cada fornecedor ou seja hotéis,empresas de serviço e aéreas, conforme fixado por cada um deles..
CONDIÇÕES DE CANCELAMENTO:
- Parte terrestre:
Até 45 dias antes do início da viagem: 10% do valor do pacote por pessoa referentes a taxa administrativa e eventuais multas dos fornecedores envolvidos conf.orme condições contratuais. Caso a passagem já tenha sido emitida, as penalidades e multa das companhias aéreas envolvidas também serão ap´licadas;.
De 44 a 31 dias antes da viagem: multa de 30% (trinta por cento) sobre o valor total do pacote.
De 30 a 16 dias antes da viagem: multa de 50% (cinquenta por cento) sobre o valor total do pacote.
Menos de 15 dias antes do inicio da viagem: multa de 100% (cem por cento) do valor total do pacote, independente dos motivos apresentados pelo passageiro.
- Parte aérea :
Além da multa administrativa de 10 % do valor da parte aérea, caso a passagem já tenha sido emitida, as penalidades e multas definidas pelas companhias aéreas envolvidas também serão ap´licadas.
FORMA DE PAGAMENTO:
Sinal de 25% e saldo em 10 vezes sem juros nos cartões de crédito . 
BAGAGEM :
Os passageiros  devem estar cientes das restrições de bagagem em vôos domésticos e internacionais antes da partida. Para os traslados terrestres é permitido uma mala de 20 kg por passageiro, acima destas quantidades valores adicionais serão cobrados diretamente. 

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA – para brasileiros
Passaporte com validade mínima de 6 meses e mínimo de 2 páginas em branco, lado a lado
Certificado Internacional contra Febre Amarela (tomada com até 10 dias antes da viagem).

SERVIÇOS NÃO INCLUÍDOS:
Taxas de embarque
Maleteiros nos hotéis e aeroportos
Refeições não mencionadas
Gastos pessoais como gorjetas, chamadas telefônicas, internet, bebidas, lavanderia ou qualquer outro serviço não especificado anteriormente. 
Despesas com documentação
Extra cobrado nos traslados para excesso de bagagem e atrasos de vôos

OBSERVAÇÕES GERAIS:
Em geral, o horário de check-in nos hotéis ocorre entre 15h00 e 16h00 e o horário de check-out  às 11h00. 
A categoria dos hotéis na África do Sul é determinada pelo órgão oficial de  "Turismo Sul Africano" e não necessariamente tem os mesmos padrões utilizados em outros países. 
É estritamente proibido fumar em veículos de passageiros na África do Sul. 
Todas as excursões e atividades ao ar livre estarão disponíveis dependendo do clima reinante na época. 
Na África do Sul não existem quartos triplos.  
Caso o tempo não permita fazer as visitas mencionadas, não haverá reembolso das entradas
Poderá ser necessário, devido a circunstâncias fora de nosso controle,,mudar a programação ,  tais como alteração da hora de encerramento nos locais de visitação, horários de voos alterados, bloqueios de estradas, desvios ou quaisquer atos divinos. 
Nota importante: Table Mountain estará fechada para manutenção anual entre junho e julho (datas exatas a serem informadas).  


Cód 8.